Jardine conquista a Copa do Brasil sub-20 com o São Paulo

Por Kokka Sports – Assessoria em Comunicação

A conquista da Copa do Brasil Sub-20, de maneira invicta, diante do Atlético/PR, foi a maior da carreira de André Jardine, técnico do São Paulo. Aos 36 anos de idade, o gaúcho passou mais de uma década no futsal e na base do Internacional, onde conquistou diversos títulos. Foi campeão, também, no Grêmio, onde trabalhou por um ano e quatro meses, chegando a ser interino do time time principal. Agora, são 32 títulos na carreira.

Jardine recebe o abraço do presidente do clube, Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco

Jardine recebe o abraço do presidente do clube, Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco | Rubens Chiri / SPFC

Foi o primeiro título do São Paulo na Copa do Brasil Sub-20. Com ele, o clube está classificado para a Libertadores Sub-20, que será no Paraguai. Para chegar lá, disputou dez jogos, com sete vitórias e três empates. Foram 21 gols marcados (média 2,1) e oito gols sofridos (média 0,8). Na primeira fase, o São Paulo eliminou o América/MG. Nas oitavas, o adversário foi o Botafogo. O Goiás foi o eliminado nas quartas. Nas semi, o Joinville. Foram quatro vitórias nos últimos quatro jogos. O Atlético/PR, adversário na final, não fez gol em nenhuma das duas partidas, mesmo tendo utilizado muitos atletas do grupo profissional.

André Jardine chegou ao São Paulo em fevereiro de 2015, trazido por Júnior Chávare, coordenador da base. Jardine permaneceu mesmo após a saída de Chávare, que voltou ao Grêmio. No Tricolor Gaúcho, onde trabalhou em 2014, o técnico foi campeão gaúcho sub-20, título que o clube não conquistava há sete anos. Faziam parte daquela equipe o volante Walace e o atacante Everton, que estão hoje, no time de cima. André não dirigiu as equipes nos jogos finais pois já havia sido promovido a auxiliar permanente do time profissional. Após a saída do técnico Enderson Moreira, comandou o Grêmio, interinamente, em um jogo do Brasileirão, diante do Vitória.

No Inter, o técnico André Jardine conquistou 30 títulos. Os mais expressivos foram dois estaduais sub-20 e duas Copas Santiago sub-17. Ganhou, também, uma Copa do Brasil Sub-15 e a Copa Espírito Santo Sub-17, espécie de campeonato nacional da categoria, na época. Fez parte da formação de bons jogadores, dentre eles, Rodrigo Dourado, titular da equipe principal, Eduardo Sasha e Fred, do Shakhtar Donetsk e da Seleção Brasileira.

Esta entrada foi publicada em Copa do Brasil Sub-20, São Paulo FC. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>