Grêmio sofre com gramado ruim e perde a primeira na Copa Santiago

Crédito: Ieda Brandão | Divulgação | Kokka Sports

Crédito: Ieda Brandão | Divulgação | Kokka Sports

Após um início de jogo empolgante, o Grêmio acabou levando a virada do Nacional do Uruguai e teve sua primeira derrota na vigésima sexta edição da Copa Santiago de Futebol Juvenil. O placar de 3 a 2 para os uruguaios colocou o rival da noite desta quarta-feira, 15, na primeira posição do grupo B da competição, com 6 pontos. Mesma pontuação do Grêmio, que perde no saldo de gols. O Internacional está em terceiro, com 4 pontos.

O gramado ruim do Estádio Alceu Carvalho prejudicou o toque de bola envolvente do Tricolor visto nas duas primeiras partidas. Foi a primeira derrota do técnico André Jardine – que não pôde ficar no banco de reservas – no comando do Grêmio desde sua chegada, em setembro do ano passado. Na sexta-feira, às 22 horas, o Tricolor volta a campo. O adversário será o Guarani, do Paraguai.

O JOGO

Apesar de muito superior na primeira etapa, o Grêmio não conseguia furar o bloqueio dos uruguaios, que também estavam com 100% de aproveitamento na competição, tendo vencido o único jogo que disputaram. Logo no início do jogo, o Tricolor perdeu o volante Allan Carioca, que se lesionou. Ele era um dos principais destaques do time na competição até o momento.

Quando o duelo se encaminhava para o intervalo, o Tricolor tirou o zero do placar. O camisa 6, Júnior, cobrou falta com maestria e deixou o time de André Jardine na frente, já nos acréscimos.

No segundo tempo, o Grêmio logo marcou seu segundo gol. Com 1 minuto, Vico invadiu a grande área e colocou com categoria no canto do goleiro. Mas, dois minutos depois, Cabrera aproveitou um erro da zaga gremista e marcou o primeiro dos uruguaios. Em seguida, o meia Arthur Mello, outro destaque gremista na competição, teve de deixar o gramado. Aos 13min, em um chute rasteiro, Gottesman empatou a partida. No finalzinho, quando o Tricolor ainda tentava o gol da vitória, Cabrera, em um contra-ataque, matou no peito, tirou o zagueiro da jogada e tocou por baixo para fazer 3 a 2 para o Nacional.

ADVERSÁRIO A MAIS

André Jardine, que cumpriu suspensão após ter sido excluído no clássico Gre-Nal – vencido pelo Tricolor -, comentou a atuação da equipe. “Tentamos fazer o mesmo estilo de jogo dos confrontos anteriores, mas contamos com um adversário a mais: o campo”, frisou o treinador, ressaltando que a troca de passes, uma das principais virtudes do juvenil do Grêmio, foi prejudicada. “Este foi o terceiro duelo em um espaço curto de tempo, alguns atletas já sentem um desgaste natural. Por isso, tivemos que efetuar algumas trocas. Mas, seguimos bem na tabela e não será uma derrota que vai alterar o ânimo deste grupo que veio até aqui para ser campeão”, disse Jardine em entrevista para a Rádio Santiago.

Esta entrada foi publicada em Copa Santiago, Grêmio FBPA. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>